Trabalhando na Irlanda

Estou a um tempo sem postar devido a uma grande mudança que ocorreu na minha vida recentemente. Estou trabalhando na Irlanda:

ireland_

Não quero parecer um douche mas, para elaborar melhor o por quê deste post, eu preciso citar Kevin Spacey:

“I feel it’s a responsibility for anyone who breaks through a certain ceiling… to send the elevator back down and give others a helpful lift.”

Então, para aqueles que estão interessados em se aventurar em empresas internacionais, segue abaixo uma lista com os passos necessários para iniciar esta jornada (os detalhes são baseados na minha experiência pessoal):

1) Encontre uma oportunidade:

Eu recebi a proposta através do LinkedIn, recomendo bastante que todo profissional de TI tenha uma uma conta nesta rede social, mesmo que esteja feliz no seu emprego atual você pode aproveitar as discussões técnicas dos grupos relacionados a sua tecnologia de interesse e ainda pode aproveitar para compartilhar suas dúvidas na seção de Questions & Answers.

2) Analise a proposta:

A primeira coisa a fazer é verificar se a empresa oferece ‘relocation’, ou seja, ajuda de custos para a viagem da sua família (a não ser que a proposta seja muito boa e você esteja disposto a investir nesta nova aventura). Verifique o custo de vida da cidade onde você vai morar, procure saber se existem brasileiros morando lá, no meu caso, encontrei uma família através do mesozóico Orkut e eles ajudaram bastante com dicas sobre o local, melhores lugares para fazer compras, atalhos, etc. Pesquise sobre o clima da cidade e os custos envolvidos (exemplo: Óleo para o sistema de aquecimento da casa, carvão para a lareira, firelighters, kindlings, logs…), se você tem filhos, ligue para as escolas, pesquise sobre os benefícios do governo e procure saber mais sobre tax reliefs (abatimento/alívio de impostos), aqui na Irlanda, por exemplo, você recebe € 140 por mês para cada filho e tem abatimento de impostos se for casado.

Uma coisa que foi super útil para mim foi o Google Voice, fiz inúmeras ligações via VOIP para o recrutador em Dublin, para a equipe técnica e o departamento de RH da empresa, ajudou bastante, para não confiar apenas no Skype e para retornar a ligação para eles caso tivesse algum problema na chamada, o Google Voice ajudou muito, até mesmo para ligar para advogados (para saber mais sobre o processo do Green Card), para escolas, para agentes de imobiliárias e companhias aéreas. Extremamente recomendado.

Além da questão de morar em outro país, outros pontos mais óbvios devem ser considerados: Existe possibilidade de crescimento nesta empresa? Quais os benefícios (health insurance, pension scheme, etc.) que eles oferecem? Existem incentivos para graduações/certificações/treinamentos? A empresa tem alguma fama negativa? (dica: dê uma olhada neste site: http://www.glassdoor.com).

Salario = http://www.cpl.ie/content/SalaryGuide/Technology/

3) Prepare seus documentos:

No meu caso, os seguintes documentos foram necessários:

- 2 Cartas de referência (Fale com seus antigos empregadores para elaborar uma carta para você, para ajudá-los, procure por “Sample Recommendation Letter from an Employer” no Google).

- Exame de urina para identificar a presença das seguintes substâncias:

  • Amphetamines
  • Cannabinoids
  • Cocaine
  • Opiates
  • Phencyclidine
  • Ethanol

- Prova de qualificação educacional (certificações, diplomas, etc.).

- Relatório de verificação de antecedentes. No meu caso, uma empresa terceirizada chamada ‘Recruitsafe’ ficou responsável pelo meu ‘background check’, eles pediram a seguinte documentação:

  • Cartas de referência
  • Verificação de 5 anos de histórico empregatício.
  • Validação da documentação (exemplo: Passaporte)
  • Verificação de antecedentes criminais

- Fotos em formato de passaporte (Minimum photos size 35mm x 45mm, maximum size 38mm x 50mm)

- Formulário de permissão de trabalho (um exemplo: http://www.djei.ie/labour/workpermits/epformsfees.htm)

Depois disso a empresa vai dar entrada no seu Green Card (Work Permit), o órgão responsável por emitir tais documentos na Irlanda é o Department of Trade and Innovation (DETI), infelizmente não existe um tempo estimado para quando a sua permissão de trabalho vai ficar pronta, isso depende do número de requisições que o departamento está recebendo no período em questão.

4) Organize sua nova vida:

Uma opção interessante para quem tem mulher e filhos é inicialmente ir sozinho para organizar/sondar coisas como carro, casa, health insurance, opções de lazer e depois receber sua família quando já estiver mais estabilizado (enquanto isso procure alternativas para  enviar dinheiro para o Brasil, como, por exemplo, o Western Union). Enquanto você procura a casa ideal, é interessante ficar em um B&B (Bed and Breakfast), são acomodações simples com um preço relativamente baixo. Reúna informações sobre agentes imobiliários, vendedores de carros, super mercados, etc.

Cuide de seu bem estar psicológico, ficar sozinho em outro país pode ser bastante difícil. Muitas pessoas arrogantes podem lhe dizer e até pensar o contrário, mas pode ficar um pouco solitário, o departamento de RH da empresa tem um escopo limitado e não vai lhe deixar 100% confortável, também depende de você. Conheça os membros da sua equipe, procure atividades interessantes no final de semana (passear, tirar fotos, conhecer pontos turisticos, locais históricos, bares com open-mic nights), caso você  não possa sair muito de casa (devido as condições climáticas do local), invista em revistas/livros/HQs, Netflix, podcasts, torne-se cliente assíduo da loja de quadrinhos local e faça novas amizades.

Dicas finais: Apesar de ser bem tentador, NUNCA abandone ou “tranque” sua faculdade de TI para ganhar mais “tempo” para fazer mais cursos técnicos, hora extra ou ir para a casa de tolerância mais próxima com seus amigos (ao invés disso, pondere bastante os dias que você vai “gazear” as aulas). Uma graduação é praticamente mandatória para muitas contratações internacionais e até mesmo para o processo do Green Card. Esteja avisado.

Então, se você realmente deseja uma experiência de trabalho internacional e quer aumentar suas chances, eu recomendo explorar diferenciais de mercado (i.e., tecnologias proprietárias), estudar mais de 1 idioma (e.g., Inglês e Espanhol) e praticar leitura, escrita, conversação no dia-a-dia. Então tudo isso pode se resumir em ‘quais empresas você vai trabalhar pelos próximos anos’, procure empresas que já trabalham com outsourcing, existem muitas empresas parceiras da IBM, Microsoft, Oracle e outras que prestam serviço para certos segmentos de TI (Desenvolvimento, QA, Suporte, Consultoria, etc.). Não sente e espere, crie suas oportunidades.

Bom, fico por aqui. Valeu Falou!

5 thoughts on “Trabalhando na Irlanda

  1. Que este seu sucesso seja contagiante!

  2. Ótimas dicas! Eu sempre quiz/pensei em morar fora, estou me formando em Ciência da Computação próximo ano, e estive pensando em passar um tempo trabalhando no exterior.

  3. Marcelo,
    sou formado em ciências da computação, trabalho com programação java ha 4 anos, em janeiro de 2014, estou indo pra dublin fazer intercambio estilo 6 meses de estudo e 6 meses de trabalho…gostaria de conversar com vc pra trocar uma ideia de como é o mercado de trabalho aew..

    Abraço,

  4. Cara, oportunidades na Irlanda para desenvolvedores e apenas para pessoas formadas? ainda não sou graduado, estou no sexto semestre

    • Ola Edison,

      No caso dos requerimentos do DETI (Department of Trade and Innovation), que e o departamento aqui da Irlanda que gerencia os Green Cards/Work Permits, voce precisa de uma graduacao para iniciar o processo (Dependendo do seu perfil e do numero de certificacoes de TI, seu diploma nao precisa ser necessariamente de Ciencia da Computacao). Se voce ainda nao se graduou, voce pode explorar opcoes de estagio/intercambio

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s